9. O seu próximo firewall deve fornecer o mesmo rendimento e desempenho com controle de aplicativos totalmente ativado.

Caso de negócio:

Muitas organizações têm dificuldade com o compromisso forçado entre desempenho e segurança. Com demasiada frequência, ativar recursos de segurança no firewall significa aceitar rendimento e desempenho significativamente menor. Se o seu firewall de próxima geração for criado da forma certa, este compromisso será desnecessário.

Requisitos:

A importância da arquitetura também é bastante óbvia aqui—de uma forma diferente. Utilizar em conjunto um firewall baseado em porta e outras funções de segurança de diferentes origens tecnológicas geralmente significa que há camadas de rede redundantes, mecanismos de verificação e políticas—o que pode ser interpretado como baixo desempenho. Da perspectiva de software, o firewall deve ser projetado para fazer isso desde o início. Além disso, dados os requisitos de tarefas que requerem uso intensivo do computador (por exemplo, identificação de aplicativos, prevenção contra ameaças em todas as portas, etc.) realizadas em volumes de alto tráfego e a baixa tolerância à latência associada à infraestrutura crítica, seu próximo firewall também deve possuir o hardware projetado para a tarefa—o que significa apresentar processamento dedicado e específico para rede, segurança e verificação de conteúdo.

Veja também: