10. O seu próximo firewall deve fornecer exatamente as mesmas funções de firewall em um fator de forma virtualizado e em hardware.

Caso de negócio:

O crescimento explosivo da virtualização e computação em nuvem introduz novos desafios de segurança que são difíceis ou impossíveis para os firewalls de legado gerenciar de forma efetiva devido à funcionalidade inconsistente, gerenciamento desigual e falta de pontos de integração com o ambiente de virtualização. Para proteger o tráfego que entra e sai do datacenter, bem como o tráfego dos ambientes virtualizados, o seu próximo firewall deve oferecer suporte exatamente às mesmas funcionalidades em um fator de forma virtualizado e em hardware.

Requisitos:

A instalação e desativação dinâmica de aplicativos em um datacenter virtualizado aumenta os desafios de identificar e controlar aplicativos usando uma abordagem centralizada em endereços IP e portas. Além de oferecer os recursos já descritos em 10 coisas que o seu próximo firewall deve fazer, em fatores de forma virtualizados e em hardware, é imprescindível que o seu próximo firewall forneça profunda integração com os ambientes de virtualização para agilizar a criação de políticas centralizadas nos aplicativos conforme novos aplicativos e máquinas virtuais são consolidados e desativados. Esta é a única forma de garantir o suporte de arquiteturas de datacenter em evolução com flexibilidade operacional e, ao mesmo tempo, abordar riscos e requisitos de conformidade.

Os firewalls devem possibilitar os aplicativos e os negócios com segurança

Os seus usuários continuam a adotar novos aplicativos e tecnologias, muitas vezes para realizar suas funções no trabalho, mas sem se preocupar muito com os riscos corporativos e de segurança associados. Em alguns casos, se a sua equipe de segurança bloquear esses aplicativos, o seu negócio poderá ser prejudicado.

Os aplicativos agora são a forma como os seus funcionários desempenham suas funções no trabalho e mantêm a produtividade perante prioridades profissionais e pessoais concorrentes. Por causa disso, a permissão segura de aplicativos é cada vez mais a postura de política correta. Para possibilitar aplicativos e tecnologias com segurança na rede – e os negócios que são realizados através desses aplicativos e tecnologias -, as equipes de segurança precisam instituir políticas apropriadas de administração da utilização e também precisam ser capazes de aplicá-las.

As 10 coisas que o seu próximo firewall deve fazer descrevem as capacidades críticas que permitirão às organizações possibilitar o uso de aplicativos com segurança e também os negócios. A próxima etapa é traduzir estes requisitos em medidas praticáveis; selecionando um fornecedor através de um processo de RFP e avaliando formalmente ofertas de soluções, resultando, consequentemente, na compra e implantação de um firewall de próxima geração.

Veja também: